quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

Materia - Macho comedor.







Pensamos ser esta a comparação mais ouvida em um
 encontro de Cornos Mansos Amadas Chifradeiras.

Realmente a dificuldade em encontrar um Macho Comedor reduz significantemente o número de chifres desejados.

Mas para um Macho Comedor, de verdade, também não é tarefa fácil!



Talvez a dia principal é a mais sabida de todas, mas maioria das vezes não é seguida por dezenas. A dica é "Todo mundo tem que ceder um pouco, doar um pouco


Cada artista tem o seu papel. E como em uma novela, 99% das coisas sai muito bem quando bem combinado.


A Equipe da Revista Central de Corno, espera que você, se divirta com mais este 
trabalho e que dedique-se  a cada dia para ser mais Corno Manso
 e cada dia mais inspirada a gozar (no pau de outros) como uma Amada Chifradeira.

Boa navegação!



contato: centraldecorno@gmail.co

1- MACHO COMEDOR (eles fodem mulheres que cornos mansos amam)

Não pense que você é o único Corno 

Manso que gostaria de triplicar os chifres 

aumentando seus galhos e sentir-se muito 

mais Manso. 





Pesquisas, bate papos e muitos outros 

recursos apontam para uma dificuldade em 

comum “Encontrar machos comedores”, 

comedores que respeitam as regras do 

casal e as regras da fantasia de cada um.





Cada casal de Corno Manso e Amada Chifradeira, tem seu 

jeito, suas preferências e suas regra, por isso, encontrar 

machos comedores compatíveis não é tarefa fácil.





É claro que existem machos comedores 

legais, gente boa e respeitadores! Muitas 

vezes o macho é bom o problema está no 

casal. 





Vamos começar pelo casal.


O casal tem que ter bem claro quais são

suas regras, cada um tem a sua, quais são

seus limites e o que realmente esperam do

macho comedor. Novamente a velha e surrada 

dica “conversem muito”, conversem abertamente

sem  restrições. Lembre-se que, o que é 

conversado não é obrigatoriedade em realizar.

A conversa ampla e franca 

permite que as escolhas sejam certas.




Um casal de Corno Manso e 

Amada Chifradeira,

confuso pode trazer experiências 

desagradáveis ou até desastrosas.





Tendo o casal suas ideias e preferências claras, 

fantasias bem aparadas, cumplicidade e segurança do 

amor que envolve o casal, aí sim podem sair em busca 

do pau amigo ideal.

“...a busca do casal é por Macho Comedor, amor

você já tem em casa”...  estamos falando de sexo

por sexo, putaria, metelânça, foder, trepar... A 

espécie Macho Comedor, tem várias 

denominações que representam muito bem o 

instinto deles:
 Macho Comedor, Macho predador, Macho caçador...” 
(referência Revista do Corno, edição agosto/15)

Macho Comedor



O macho comedor também tem suas 

preferências, seu jeito peculiar de ser e de fazer 

sexo, também quer respeito, educação e 

igualmente ao casal, quer suas regras e 

preferências sejam respeitadas. O casal tem que 

entender isso também.







Além de um fodedor nato, o macho comedor quer sentir-se 

bem, livre para sentir prazer e colocar em prática o seu jeito 

de comer a amada do cornudo. 





Erros mais Comuns


Muitos comedores acham que eles são o 

centro das atenções, a estrela da noite. 

Esquecendo-se que todos buscam algo e 

que uma mulher sempre será uma flor a ser 

cativada e conquistada.







Esquecem que, pica todo mundo tem, pica grande 

muitos tem, ou seja, piroca não é tudo. 

Alguns pensam que o tamanho da pica é passaporte 

para fazer o que quer, falar o que quer e mandar no 

ato sexual.


Para conseguir o sexo, alguns mentem 

suas características, preferências sexuais

 (mas estes tipos de erro também são 



praticados por alguns casais).

Se o cara curte o sexo selvagem, dar uns 


tapinhas ou puxar o cabelo. Não se iluda, 

achando que ele vai aliviar na hora “h”, ele 

vai fazer isso com a Amada Chifradeira.





Todos prometem usar camisinha e não 

abrir mão desta proteção. Mas na hora “h”, 

maioria, quer comer sem.

Tem cara que pensa estar fazendo um 

favor ao casal. Fuja desse tipo de gente. 

Na vida liberal não existe favor, existe uma 

situação em que todos gozam.


Quem paga a conta?


Não há um consenso neste 

quesito, mas nossa opinião é 

que “Todos que se beneficiam 

da situação devem pagar a 

conta”. Se o macho quer comer 

sua mulher, se você quer levar o 

chifre e se a amada Chifradeira 

quer dar para o safado... Nada mais justo que a conta ser rachada.

O mundo liberal não é barato. Financeiramente, torna-se inviável custear despesas de

outros repetitivamente. O casal e também o macho comedor não deve ter vergonha em 

previamente combinar isso também.

Não há mal nenhum o casal pagar as despesas ou o 

macho pagar, desde que esteja dentro das 

possibilidades de cada um. Importante é garantir a 

próximo chifre, que pode ser com o mesmo macho 

comedor ou com outros. Garantindo a perpetuação dos 

chifres. 

O cara não tem obrigação de 

pagar as despesas  porque você já

está cedendo a mulher. Você

esta cedendo porque gosta de serCorno Manso.

Você não tem obrigação de pagar as despesas porque o 

cara está se colocando a disposição. Ele está se 

colocando a disposição porque vai comer uma mulher 

decente e bem casada. Está se colocando a disposição 

porque é bom para ele!

Investimento

O bom macho Comedor é aquele que apresenta com sinceridade, não tem medo de perder uma foda
 demostrando seu real perfil. O casal deve fazer investimento em boas conversas que os levará
 a analisar o macho, mas também a apresentar-se ao macho.



Entre o casal é importante combinar sinais 

de aprovação ou recusa. O bom macho 

comedor conhece seu potencial, sabendo 

que se não pegar aquela gostosa (do 

corno), vai pegar outra. Todos conscientes 

que são capazes de partir para outra caça, 

vão lidar com naturalidade o resultado.



Quando em contato com um macho comedor, crie pequenos espaços para ajustes entre dois
 (por exemplo a famosa “ida ao banheiro”). Quando o macho comedor for ao banheiro, converse com sua esposa/marido; Quando a mulher for ao banheiro, reafirme as preferências da mulher (se gosta ou não de tapinhas, se pode beijar ou não etc); Quando o Corno for ao banheiro a mulher deve reafirmar as preferências do casal.


O bom macho comedor, sempre deixa 

rastros (rs..).

Em outras palavras, ele sabe que ter boas 

referências facilita muito à vida de um 

comedor de mulher alheia. Assim, além de 

deixar a mulher do corno manso bem 

comida, faz questão de encantar o casal 

ressaltando ter observado as regras intimas

 do casal. O resultado é que os mansos vão comentar aos quatro cantos sobre o perfil do 

safado e a Amada Chifradiera vai ventilar por todos os ventos sobre como vale apena

meter chifres no cornudo com esse tal comedor de mulher comprometida.

“...o fato de ser um feliz corno manso, não obriga o titular de tão honrosa 

posição social, a aceitar, passivamente, todo tipo de conduta da parte de 

Comedores... Assim, o casal, deve recusar maus tratos...vexames... e 

excessos”...


Tem comedor que quer ser namoradinho e outros que não gostam de repetir a safadinha
 O casal também deve fazer sua opção e deixar claro qual é a preferência. 


Invista em chat, e-mails, procurando 

referências e outras formas de conhecer e 

fazer-se conhecer. Como já dissemos isso 

não é perda de tempo é investimento! 

Em uma brincadeira onde cada participante 

tem preferências e regras, e ninguém quer

abrir mão delas, a conversa preliminar é

fundamental. Não tenham pressa, tempo de conhecimento não é tempo gasto é

 investimento.






Não deixe de ler, na a seção Extra da Matéria, onde 

vamos fazer um “jogo rápido” de frases curtas.
















MATÉRIA RETIRADA DO BLOG.
CENTRAL DO CORNO MANSO
UM BLOG GOSTOSO QUE FALA EM ENSINA COISAS DE CORNO
VISITEM.

Parece buscar

agulha em palheiro.

Um comentário:

  1. 22-998663774 whatsapp
    Negrodotadoquer comer e chupar sua mulher
    Moro no rio de Janeiro Macaé tenho Fotos e Vídeos
    Posso ir a onde vocês estiverem
    Sou discreto ativo
    Respeitador
    Tenho 1,70 74 kilos cor negra mim acho muito simpático
    Santosconceicao365@gmail.com
    Venha conferir

    ResponderExcluir