sexta-feira, 18 de novembro de 2022

𝑴𝒂𝒕é𝒓𝒊𝒂 𝒅𝒂 𝒔𝒆𝒎𝒂𝒏𝒂 - swing pode ser uma tendência para os casais?

 Entrevistados consideram que relação melhorou após a entrada no Swing


Essa matéria vamos trazer um estudo realizado no Brasil, para saber oque os casais ou pessoas acham do swing.

Ele pode realmente melhorar o relacionamento de um casal? nós nas entres linhas vamos deixando a nossa visão disso tudo, boa leitura.

Estamos nos aproximando de uma das datas mais esperadas do ano: o Dia do Sexo. A comemoração existe desde 2008, após uma marca de preservativos realizar uma ação de marketing que explorava as várias facetas da prática. 

O dia da celebração? 6/9, uma brincadeirinha de bom gosto. 

Seja como for, todo mundo gosta de sexo e, pensando nisso, o Sexlog preparou uma pesquisa para explorar se o swing é ou não uma tendência para os casais brasileiros.

Mapa do Swing 


Nada melhor do que conversar com alguém que participa do swing para ter opiniões mais concretas, certo? Pois bem, 36% dos respondentes da pesquisa estão no mundo liberal há menos de um ano, 26% entre um e três anos e 13% há mais de dez anos. 

Além disso, 82% consideram que o swing melhorou (e muito) o próprio relacionamento.

 Porque? As devolutivas variam, porém, as respostas são semelhantes.

A prática aumentou a parceria entre o casal, assim como o tesão e uma melhora considerável  no sexo.

Conversa e maturidade são sinônimos de prazer e diversão no swing , Como a matéria mesmo diz,: Conversa e maturidade tem que andar junto nessa vida, liberal.

Nada de mentir ou omitir alguma coisa, o pulo fo gato é ser claro sempre, falar sobre as fantasias, os desejos, e quando realizarem o mesmo, conversarem entre si, e ver os pontos positivos e os pontos negativos.

Oque está bom se deixa com está, más o que não foi bacana procurar melhorar, e sempre más sempre respeitar o seu parceiro.




71% dos entrevistados disseram que a primeira experiência swinger foi com um desconhecido e 59% afirmaram nunca terem passado uma situação ruim dentro do meio. 

Para 64%, o desconhecimento sobre a prática dificulta que novas pessoas entrem no swing. 

Como a voz da experiência fala mais alto,  84% dos respondentes consideram primordial que o casal tenha um alto nível de maturidade e entendimento entre si para aderir à prática.

Estamos a muito tempo no meio liberal e também nunca tivemos problemas, más por falta de informações muitas pessoas acham que um clube de swing.

É uma putaria só, más as coisa não é bem assim, como uma comunidade normal, o swing tem suas regras que são seguidas a risca.

A muito respeito entre as pessoas que frequentam esse tipo de balada, e para a informação de muitos que não conhecem, é uma balda como outra qualquer.

Más o diferencial é... onde tudo é permitido más nada é obrigado.



Para Mayumi Sato, CMO do Sexlog, o swing é realmente uma modalidade em que é necessário conhecer e ter entrosamento com o(a) parceiro(a), para que a experiência seja prazerosa. 

“A entrada no swing tem diversos motivos, mas, independente de quais sejam, é muito importante que o casal esteja de acordo e combinem como vai acontecer, para que a experiência seja agradável para os dois. 

Caso sejam iniciantes e ainda um pouco perdidos sobre o tema, o Sexlog pode dar aquele empurrãozinho.”

Com toda certeza o swing melhora e muito a vida de um casal, tanto sexual como a vida em um todo.

Se o seu casamento já não anda bem, nós não aconselhamos a você entrar no swing.

Pois muitos estão falando por por ai que swing salva casamento, isso é uma grande  de uma mentira, o swing pode destruir o seu casamento se vocês não estiverem bem em seu próprio casamento.

Pois o swing é para pessoas que tem um pensamento diferente, pessoas que estão disposta a quebrar tabus, paradigmas.

O casal tem que estar, e ser muito bem resolvido, se amar e se conhecer muito bem, ai dessa forma o swing vai dar um up no seu casamento, vai ser algo incrível,











Um comentário:

  1. Passando pra divulgar um blog de uma amigo meu. kkkk
    https://fetichesdecorno.blogspot.com/

    ResponderExcluir